28 de julho - Dia mundial de luta contra as hepatites virais.


28 de julho - Dia mundial de luta contra as hepatites virais.

Em 28 de julho é comemorado o Dia mundial de luta contra as hepatites virais. A data reforça a importância da prevenção e controle dessa doença que tem aumentando o número de casos em todo o mundo. A hepatite é uma inflamação do fígado, que pode ser provocada por vírus, remédios, drogas, álcool, doenças autoimunes, metabólicas e genéticas. Por ser uma doença silenciosa e que possui sintomas semelhantes a outras doenças comuns, nem sempre é diagnosticada com precisão.

Conheça os principais sintomas provocados pela hepatite:

A hepatite é classificada em letras: A, B, C, D e E. Se não for tratada, a doença pode evoluir para uma infecção crônica do fígado e se tornar um câncer. A do tipo A é mais comum em crianças, sendo mais branda e muitas vezes não apresenta sintomas, já em adultos ela tende a ser mais agressiva.

A transmissão do vírus pode ser feita por meio de alimentos ou água contaminada, relações sexuais, transfusão sanguínea, compartilhamento de agulhas, seringas e alicates sem esterilização, além da mãe para o bebê, durante a gravidez ou o parto. Atualmente não existe um tratamento específico para o vírus, mas é possível se vacinar contra alguns tipos do vírus da doença (tipo A e B).

Como se prevenir contra as hepatites virais:

Por isso, é importante ir ao médico regularmente e fazer os exames de rotina que detectam a hepatite, pois a doença deve ser notificada por um profissional de saúde. Assim é possível fazer o registro e mapear os casos de hepatites no país, ajudando a traçar diretrizes de políticas públicas no setor. A Unimed apoia esta iniciativa voltada para a prevenção e controle da doença.




Home
Notícias